Notícias

Sementes Coopatrigo estão sendo cultivadas no Mato Grosso do Sul

A Coopatrigo está conseguindo entrar em um mercado bastante promissor na comercialização de sementes de soja, que é o Mato Grosso do Sul. Este estado, como os demais do centro oeste importam grande parte deste insumo, pois as temperaturas elevadas o ano todo não permitem uma produção de sementes de qualidade, a não ser a um custo muito elevado e diante dessa situação acabam buscando na região sul parte das sementes para cultivar as suas lavouras.

A chegada das sementes Coopatrigo nesta região se iniciou com uma pequena experiência desenvolvida na safra 2013/2014 que acabou agradando a empresa Terra Nostra de São Gabriel do Oeste, MS que firmou parceria com a cooperativa de São Luiz Gonzaga e para a atual safra de soja comercializou em torno de 15.000 sacas de sementes que foram cultivadas naquela região e estão começando a ser colhidas neste mês de fevereiro.

A convite da multinacional de defensivos agrícolas Syngenta, que tem parceria na área de tratamento industrial de sementes e da empresa Terra Nostra, o presidente da Coopatrigo, Ivo Batista acompanhado pelo responsável técnico do setor de sementes, Fábio Hauschild, o gerente da UBS, Junior Schineider e o Assessor de Comunicação, Roberto Marques estiveram visitando a região de São Gabriel do Oeste nos dias 4 e 5 de fevereiro, quando foi desenvolvido um dia de campo sobre soja intacta e as variedades TEC 7849 e TEC 5936 comercializadas pela Coopatrigo foram apresentadas em campos experimentais.

O presidente da Coopatrigo Ivo Batista ficou impressionado com a boa adaptação das variedades produzidas aqui em São Luiz Gonzaga e plantadas lá no Mato Grosso do Sul, o que certamente aumentara a demanda pelas sementes Coopatrigo. “Este novo mercado está nos permitindo projetar resultados melhores no setor de sementes, já que o nosso associado adquire as suas sementes através do troca-troca, onde existe apenas uma prestação de serviços”, afirmou o dirigente.

A cooperativa aproveitou esta visita para apresentar o seu serviço de tratamento industrial de sementes para as futuras negociações. Também em São Gabriel do Oeste a Coopatrigo recebeu o contato de outras empresas interessadas nas suas sementes, abrindo novas possibilidades de comercializações.

Já o Agrônomo, Fábio Hauschild disse que este novo mercado de sementes está sendo conquistado graças a qualidade das sementes Coopatrigo que iniciam no campo com o trabalho desenvolvido pelos cooperantes e passa pelo processo de beneficiamento desenvolvido na UBS, setor este que vem recebendo significativos investimentos em equipamentos e estrutura de armazenagem.

O empresário Cláudio Marteli, sócio proprietário da Terra Nostra agradeceu a presença da Coopatrigo no seu evento, relatando que a credibilidade da cooperativa no Rio Grande do Sul foi um dos fatores determinantes para que a parceria acontecesse e que certamente os negócios entre as duas empresas vão aumentar, pois mesmo no ano difícil para a soja no Mato Grosso do Sul, as variedades negociadas pela Coopatrigo estão  tendo um bom desempenho na lavoura, entusiasmando os produtores.

Fonte: Coopatrigo