Produtivo

Safra de milho será recorde e chega a 30 milhões de toneladas

07/07/2017

A produção de milho da safra 2016/2017 em Mato Grosso pode chegar a 29,5 milhões de toneladas, a maior da história de Mato Grosso. A estimativa, caso se concretize, representaria um aumento de 54,6% em relação à safra passada, quando foram produzidos 19 milhões de toneladas.

Os números constam na quinta estimativa de safra do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) e foi divulgada nesta semana. Apesar do bom resultado, o ano está sendo ruim para os produtores do Estado.

O Imea explica que, com o avançar da colheita, a produtividade começou a tomar forma e demonstrou os reflexos dos maiores percentuais de área semeada dentro da janela ideal, no final de fevereiro. Além disso, na comparação com os anos anteriores, Mato Grosso conseguiu boas condições climáticas nos meses de março, abril e maio.

A perspectiva de produtividade média para a safra é de 103,8 sacas/hectares. O líder no quesito é a região Oeste, com 107,5 sc/ha. Na sequência aparecem o Sudeste (107,3 sc/ha), Médio-Norte (106,3 sc/ha), Centro-Sul (98 sc/ha), Noroeste (96,7 sc/ha), Nordeste (95 sc/ha) e Norte (95 sc/ha).

A área plantada no Estado deve ficar em 4,7 milhões de hectares, o que representaria um aumento de 9,7% em relação ao período produtivo passado. A região com a maior área é a Médio-Norte, com 2 milhões de hectares. Logo depois aparecem o Sudeste (890,7 mil ha), Oeste (533,1 mil ha), Nordeste (472 mil ha), Noroeste (300 mil ha), Centro-Sul (352,1 ha) e Norte (165,7 ha).

Fonte: IMEA