Milho

RN: Sementes estão garantidas, mas milho barato é incerto

06/03/2014

A distribuição de sementes para agricultores ligados ao programa de distribuição da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RN) começará hoje (6), de acordo com o secretário de Agricultura da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), Tarcísio Bezerra Dantas. Já o Programa Vendas em Balcão, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que promovia a comercialização de milho com preço subsidiado pelo Governo Federal aos pecuaristas, chegou ao fim na última sexta-feira, 28.

Caso o Programa não seja prorrogado, o valor dos grãos retornará ao padrão do mercado, duas vezes maior que o preço vendido pelo Programa. Atualmente, a Conab comercializa cada saca de 60 kg pelo valor de R$ 18 ao dono de um rebanho de até 3 mil cabeças, e R$ 21 com rebanho maior que este. No mercado atual, a comercialização do grão gira em torno de R$ 45 por saca.

De acordo com Fábio Mendonça, superintende substituto da Conab, o órgão ainda não foi notificado oficialmente sobre uma possível prorrogação do Programa. “Acreditamos que vai acontecer, mas não fomos oficialmente informados”, conta. “Por enquanto, volta ao preço de mercado”.

Segundo o superintende, será realizado um levantamento comparativo do preço do produto no mercado e do gasto do produtor para estabelecimento do valor a ser comercializado o milho pela Conab. Ainda esta semana, também estarão entrando em contato com o Governo Federal para orientação da continuidade ou não do Programa.

Enquanto isso, uma nova remessa de milho chega aos galpões da Conab. Para este mês, a previsão é comercializar 8.200 toneladas. Na próxima segunda-feira, 10, iniciam as vendas. O valor não está definido ainda.

Mendonça considera o estoque mensal baixo. “O ideal era ter pelo menos 16 mil toneladas”, revela. Para o ano de 2013 a previsão é receber um total de 111 mil toneladas. Número superior aos anos passados. Em 2013, foi comercializado 86 mil t, e em 2012 62 mil t. No ano de 2011, quando não havia estado de seca, a quantidade de milho vendida foi de 22 mil t. “As vendas de 2013 já superam todos os anos e a gente espera ainda superar as vendas do ano passado”, diz Mendonça.

Sementes
Já a distribuição de semente tem cronograma acertado. Segundo o secretário da Sape, hoje os carregamentos iniciam a distribuição partindo da região oeste e seguindo para o litoral. A previsão é concluir o processo até o final de março. “A gente acha que em duas semanas está tudo resolvido”, prevê.

A orientação para os agricultores é de esperar novas chuvas para realizar o plantio. Segundo Gilmar Bistrot, meteorologista da Emparn, as precipitações previstas para este próximo final de semana já principiam o inverno deste ano. “Não tem o que se preocupar, as condições climáticas estão bem melhores do que o ano passado”, garante.

Fonte: Tribuna do Norte