biblioteca

Rejeitada emenda que direcionava 20% de recursos do BNDES à agricultura

Publicado em 15/05/2015

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou a emenda do deputado Alfredo Kaefer (PSDB- PR) à Medida Provisória 663/14, que direcionava 20% dos recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a financiamentos para projetos de agricultura, pecuária e serviços relacionados.

Kaefer ressaltou que o financiamento agrícola específico no BNDES é uma pauta antiga daFrente Parlamentar da Agropecuária. “O BNDES aplica recursos nessa área, mas não tem a rigidez e o compromisso de passar recursos para a maior e melhor atividade econômica deste País.”

O líder do governo, deputado José Guimarães (PT-CE), rebateu e afirmou que, em 2014, o BNDES financiou mais de R$ 20 bilhões para a agricultura brasileira. “O BNDES já faz isso, e o Banco do Brasil é o grande financiador da agricultura”, disse.

Texto-base
Os deputados já aprovaram o relatório do senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) para a MP 663, que aumenta em R$ 50 bilhões o limite de recursos que o BNDES poderá emprestar com subvenção econômica da União, totalizando R$ 452 bilhões.

Está em análise, no momento, destaque do PSDB para outra emenda, também de Kaefer, que direciona um mínimo de 35% dos recursos do banco às micro e pequenas empresas.

Fonte: Agência Câmara Notícias