Raças

Raça Brangus

Na busca por uma raça ideal para carne, os norte-americanos iniciaram os cruzamentos entre o gado Zebu e o Angus no ano de 1912 na região de Lousiana, originando o Programa Brangus. A raça foi reconhecida pelo governo americano em 1942, com a fundação da Associação dos Criadores de Brangus.Formada para unir a rusticidade das raças zebuínas resistência a parasitas, tolerância ao calor, habilidade materna, com as vantagens do Angus qualidade da carne, precocidade sexual, elevado potencial materno, o Brangus apresenta-se como uma raça completa.

É uma raça sintética formada pelo cruzamento de animais da raça angus e zebu em sua proporção de 3/8 de sangue zebu 37,5 e 5/8 de sangue angus 62,5. O objetivo era a criação de um animal que apresentasse altos índices de produtividade mesmo criado em condições de clima e meio-ambiente adversas, típicas das regiões tropicais e sub-tropicais.

No Brasil, os cruzamentos começaram a ser realizados por técnicos do Ministério da Agricultura em Bagé RS, na década de 1940. O cruzamento resultou na raça Ibagé, batizada assim pelos técnicos na época. Alguns anos depois, em função do cruzamento ser o mesmo alcançado nos Estados Unidos, o nome da raça passou a ser Brangus Ibagé, até que tornou-se apenas Brangus. A Associação Brasileira de Brangus foi fundada em Bagé, em 1979.

Fonte: http://www.ourofino.com/saude-animal/ruminantes/guia-de-racas/letra-b.html