Suinos

Berkshire

Berkshire

 

Diz a lenda que foi a esquadra de Oliver Cromwell (1599-1658) quem primeiro descreveu alguns animais da raça na região de Reading, condado de Berks, na Inglaterra. Originalmente os Berkshire eram porcos de grande porte, ossudos e feios,  autóctones do condado de Berk na Grã Bretanha, podendo ser pretos e brancos com manchas vermelhas ou cor de areia. Foi a primeira raça suína que os criadores ingleses procuraram melhorar. Os melhoramentos começaram em 1780, com os primeiros cruzamentos com porcos chineses, ainda sem muito critério. Os melhores resultados vieram a partir da década de 1820, graças ao empenho de Lord Barrington (falecido em 1829). Hoje o Berkshire é um animal preto com as extremidades brancas, cabeça mediana e côncava, de orelhas eretas e afastadas,ronco volumoso, cilíndrico, comprido e profundo, pernas curtas, fortes e aprumadas, cerdas rijas e espessas. A ‘Associação Britânica de Berkshire’ foi fundada em 1884. Os primeiros suínos dessa raça foram exportados em 1823 para os Estados Unidos para a granja de John Brentnall em New Jersey e em 1863 foram enviados os primeiros animais para Portugal, onde foi desenvolvido um importante plantel.
Fonte: http://stravaganzastravaganza.blogspot.com/2011/05/principais-racas-de-suinos-do-mundo.html