Raças

Raça Beefmaster

O desenvolvimento da raça Beefmaster teve início no Texas, em 1908, no rancho Lasater, com a cruza de touros Gir e Ongole com vacas Hereford e Shorthorn. Em 1930, touros Guzerá foram introduzidos no cruzamento, sendo seguidos de touros Hereford e Shorthorn. Portanto, a raça tem em sua base essas 5 raças e estima-se uma tipagem sanguínea de 1/4 Hereford, 1/4 Shorthorn e 1/2 Zebu.

No Brasil, a introdução da raça se deu por meio da aquisição de sêmen (1992) pelos pecuaristas Alberto Rodrigues da Cunha e Randall M. Spears, ambos de Goiás. A partir daí, disseminou-se e hoje apresenta rebanhos também em São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Não existe um padrão fixo para a pelagem que pode variar de vermelha a castanha, com pintas brancas, negras ou amarelas.

Os critérios que orientaram a seleção (Lasater) foram: peso, rusticidade, habilidade materna, conformação, docilidade e fertilidade. Por esse motivo, essas características são marcantes na raça.

Vale destacar que é uma raça de grande porte, o que pode ser comprovado pelo desenvolvimento de alguns animais que atingiram peso de 440 kg aos 12 meses e 545 kg aos 16 meses, chegando a atingir a extraordinária marca de 13 arrobas aos 9 meses.

Fonte: http://www.ourofino.com/saude-animal/ruminantes/guia-de-racas/letra-b.html