Tire suas Duvidas

Qual o “ Segredo” da criação dos alevinos?

É imprescindível a sifonagem do aquário após cada refeição. Alimente-os bastante, deixe que comam à vontade e, depois de meia hora, sifone todas as sobras ou fezes existentes e retire também parte da água substituindo-a por uma nova.
A água para os alevinos depois de retirada da bica deverá ser tratada e armazenada pelo menos por cinco dias antes de ser utilizada.
Com trinta dias de vida os disquinhos estarão comendo as rações de adulto, entretanto, será aconselhável manter os náuplios e enquitréias por mais trinta dias.
Muitos aquariofilistas perdem seus disquinhos nesta fase (entre trinta a sessenta dias) porque acham que já passaram da fase crítica e relaxam. Neste período é que deverá ser dada muita à atenção mantendo-se principalmente a constância da renovação da água. Deve-se ter cuidado ao se ministrar patê aos novos disquinhos, pois, eles podem ficar sufocados, com pedaços de coração, fígado, etc, que tenham sido mal triturados podendo vir a morrer.
Depois de trinta dias deverá ser observada a diferença de tamanho entre os alevinos, então os menores deverão ser separados em outro aquário, pois a tendência é dos maiores comerem cada vez mais e continuarem crescendo e os menores ficarem raquíticos ou morrerem.
Se for possível separe os filhotes por grupos. Quanto menos peixe for colocado por aquário maior será a chance de sobrevivência, bem como melhor será o resultado obtido em termos de crescimento.

Autor: Wilson Vianna – Biólogo – pós-grad, Biol. Marinha

Fonte: Fórum Grupo Amigos do Betta (17.06.09)

www.peixesornamentais.info