Mamona

Propriedades físico-químicas de biodiesel de mamona

A grande demanda de recursos energéticos pelos sistemas de produção e transporte, aliada a escassez dos combustíveis fósseis, tem motivado o desenvolvimento de tecnologias que permitam utilizar fontes renováveis de energia. Entre as alternativas possíveis de combustíveis que podem ser obtidos de biomassa, os quais são potencialmente capazes de fazer funcionar um motor de ignição por compressão, demonstrou-se que a alternativa mais viável é o Biodiesel. Neste trabalho, objetivou-se caracterizar o óleo e biodiesel de mamona pelas suas propriedades físico-químicas, para avaliara sua capacidade como combustível. A presença de um maior teor de hidroxiácidos no óleo de mamona se reflete nas suas propriedades coligativas, como a viscosidade. O biodiesel de mamona apresenta calor de combustão comparável ao diesel mineral e alta viscosidade. A mistura do biodiesel de mamona com diesel mineral corrigirá a viscosidade. Além disso, reduzirá o consumo de derivados de petróleo e minimizará os efeitos nocivos ambientais.

Fonte: biodieselbr.com