Projeção do Valor Bruto de Produção de frango é reajustado para R$ 46 bilhões

15/03/2018

Segundo dados divulgados nesta terça-feira (13/03) pelo Ministério da Agricultura, os valores do Valor Bruto de Produção (VBP) foram fechados a R$ 515,9 bilhões, os números ficaram 5,2% abaixo dos de 2017 (R$ 544,2 bilhões). Os montantes para a pecuária foram registrados a R$ 169,7 bilhões, representando uma redução de 4,1%, e o das lavouras de R$ 346,1 bilhões, que registraram queda de 5,7%.

As projeções para 2017/2018 feitas em janeiro deste ano apontavam para reajustes positivos, com estimativas de crescimento de 0,8% e um fechamento no valor de R$ 49,4 bilhões. Todavia, a partir do fechamento de fevereiro, as projeções para o VBP de frangos teve foi reajustado para R$ 46 bilhões, uma queda de 6,5% quando comparados aos valores do ano passado registrados a R$ 49,3 bilhões.

VBP tem queda em estados produtores

A região Sul fechou as estimativas como o principal produtor de frango do país, com o valor bruto de R$ 27,3 bilhões. Os números sofreram uma queda se comparados ao ano de 2017, que foram fechados com R$ 29 bilhões. De acordo com os dados do Mapa, o Paraná se mantém como o principal estado produtor da região, fechando com valores de R$ 14 bilhões.

No Sudeste, o VBP foi estimado em R$ 9 bilhões, registrando uma queda se comparados aos valores de 2017 que chegaram a R$ 10 bilhões. São Paulo se manteve como o principal estado produtor com registros de R$ 5,4 bilhões, números que mostraram queda se comparados com os R$ 5,7 bilhões em 2017.

O Centro Oeste tem estimativas de R$ 6,7 bilhões, registrando queda ante os R$ 7 bilhões registrados em 2017. Dos estados produtores, Goiás se manterá na liderança com R$ 2,9 bilhões.

No Nordeste, os valores chegaram às estimativas de R$ 3,2 bilhões, ante os registros de R$ 3,4 bilhões em 2017. O Rio Grande do Norte liderou os valores de produção com R$ 1,4 bilhões.

Para a região Norte, os valores foram fechados com R$ 631 milhões, ante os registros de R$ 675 milhões de 2017. O principal estado produtor da região, Pará, fechou com valores de R$ 532 milhões.

Fonte: Avicultura Industrial