Soja

Produtores mato-grossenses são destaques na gestão das propriedades rurais

05/11/14 – 14:53
Três agricultores foram homenageados em São Paulo por cumprirem metas do programa Soja Plus
Os produtores rurais Eloisa Zuconelli, Gilberto Eberhardt e Antônio Carlos Siqueira foram homenageados em São Paulo nesta terça (04.11), durante o Seminário Soja Plus. O evento apresentou os resultados do programa de melhoria contínua nas propriedades rurais em quatro estados: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Bahia. Os três agricultores foram destaque por cumprirem as metas do Soja Plus em suas propriedades em Diamantino, Lucas do Rio Verde e Campo Verde, respectivamente.

Para Eloisa Zuconelli, o Soja Plus é uma ferramenta importante para melhorias na propriedade rural. “Trouxe senso de organização e cuidado com todos os critérios que o programa preconiza. Depois do Soja Plus, há uma diferença visual”, diz. Ela conta que são várias fases às quais os produtores precisam se adaptar, inclusive na sensibilização dos colaboradores da propriedade rural. “Precisamos que os funcionários atuem com a gente nesta melhoria. Nem sempre é fácil, mas não é impossível”, acredita.

A questão trabalhista e o envolvimento dos colaboradores com o programa são pontos importantes também para o produtor Gilberto Eberhardt. “Hoje os funcionários trabalham adequadamente, dentro das normas. Nossa propriedade tem avaliação exemplar por causa da organização”, conta. Antes de ingressar voluntariamente no programa, Gilberto já tentava adequar a fazenda às normas trabalhista e rural. “Essas adequações não são fáceis, exigem investimento financeiro que precisa ser planejado”, diz. Para ele, o Soja Plus trouxe a assistência técnica necessária para fazer as melhorias.

Para o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Ricardo Tomczyk, o Soja Plus é importante porque traz ferramentas e instrução para que o produtor rural possa se adequar à legislação brasileira. “Esse programa nos dá condições para o cumprimento da lei, não traz penalidades nem custo”, explica. Tomczyk informa que em Mato Grosso já foram atendidas 600 propriedades e qualificados mais de 1100 produtores rurais, em parceria com o Senar-MT, durante os quatro anos do programa.

O programa Soja Plus é uma parceria da Aprosoja-MT com a Associação Brasileira da Indústria de Óleos Vegetais (Abiove). Ele surgiu da necessidade de adequação às legislações brasileiras e da qualificação dos produtores rurais para este fim. “Não queríamos que pessoas de fora do setor, e até de outros países, definissem como o produtor brasileiro deve agir dentro da sua propriedade. Precisávamos de um programa nosso, tupiniquim”, explica Carlo Lovatelli, presidente da Abiove. Segundo ele, a indústria tem grande interesse em obter soja que seja produzida de forma correta. “O Soja Plus leva informação e condições do produtor se adequar de acordo com sua capacidade de absorção, tanto técnica como econômica”, finaliza Lovatelli.

Fonte: Aprosoja