Soja

Produtores estão preocupados com excesso de chuvas em MT

16/01
Rodrigo Maciel Meloni

O excesso de chuvas, que pode ocasionar o aumento do preço dos fretes para escoar a safra 2012/13 da soja, preocupa os produtores de municípios como Vera (457 km de Cuiabá). Outros fatores como surgimento da ferrugem asiática, propícia a surgir neste período, também os colocam em alerta.

Conforme informações do site Vera News, os produtores rurais do município já colheram cerca de 180 mil hectares de soja plantados na safra 2012/13, e as chuvas em excesso estão prejudicando os trabalhos de colheita em alguns pontos.

O presidente do Sindicato Rural de Vera, Benício Boeing, ressalta que o maior problema enfrentado pelos produtores foi o surgimento da “lagarta da soja”, que causou o aumento no uso de defensivos e, em consequência, o acréscimo nos gastos do produtor. “O preço cobrado pelo frete também inquieta a classe produtora. No ano passado eram pagos R$ 180 por tonelada; este ano estima-se que o valor chegue a R$ 300”.

Avaliação do delegado coordenador da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja) de Vera e Feliz Natal, Rafael Bilibio, aponta que o acréscimo no valor do frete causa a falta de liquidez do produto. “Com isso, o homem do campo demora mais para vender sua produção, que perde valor significativamente, já que os armazéns não estão comprando”.

Expectativas

As expectativas indicam que sejam colhidas em média 58 sacas de soja por hectare nas propriedades da região. O término da colheita deve ocorrer na segunda quinzena do mês de março.

AgroOlhar