Pecuária

Produtores dos Campos de Cima da Serra avaliam Chamada Pública do Leite

09/02/2017

O Seminário de Avaliação da Chamada Pública do Leite ? Lote 18, realizado na última terça-feira (07/02) na propriedade da família do produtor Antonio Élton Paim Guimarães, em São José dos Ausentes, reuniu mais de 60 pessoas, entre técnicos, autoridades locais e produtores rurais do município e também de Bom Jesus e Monte Alegre dos Campos.

Pela manhã, pastagens foi o assunto tratado por técnicos da Emater/RS-Ascar, juntamente com o produtor Paulo Ricardo Búrigo. Eles falaram sobre qualidade de sementes, variedades adaptadas à região, adubação do solo e manejo da pastagem.

Após o almoço e confraternização entre os produtores, os anfitriões Élton e seu filho Luan Guimarães apresentaram as instalações da propriedade, construídas com a orientação da Emater/RS-Ascar e que hoje servem como referência na região, como a microqueijaria adequada à legislação municipal (SIM), a sala de ordenha com piso e cochos separados, os sistemas de canalização e depósito do soro para o aproveitamento animal e o funcionamento das instalações sanitárias ? fossa séptica, filtro e sumidouro.

Durante o evento também ocorreu reunião ordinária mensal da Aprocampos, na qual foram tratados assuntos como o I Concurso Regional do Queijo Artesanal Serrano de São José dos Ausentes e o I Seminário Regional sobre Agroindústria, a serem realizados no dia 17 de março, neste município. Outro tema debatido foi a sanidade do rebanho, elencando-se os produtores que irão iniciar o processo de Certificação de Propriedade Livre de Brucelose e Tuberculose.

Ao final, os beneficiários da Chamada Pública do Leite preencheram as fichas de avaliação, manifestando satisfação por terem feito parte deste programa e solicitando a continuidade das atividades para o fortalecimento da cadeia produtiva do leite, com destaque para o seu derivado, o Queijo Artesanal Serrano.

A Chamada Pública vem sendo realizada desde março de 2014 em 23 municípios da região da Serra e Campos de Cima da Serra, sendo executada pela Emater/RS-Ascar através de contrato de Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (Aters) com a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA).

Fonte: Emater – RS