Pecuária

Produtor sertanejo vai receber 44 milhões para investir na caprinovinocultura

Os recursos serão aplicado ao longo dos próximos cinco anos, em 21 municípios pernambucanos e beneficiando 4 mil pequenos produtores rurais. É o “Programa de Desenvolvimento Regional Sustentável da Ovinocaprinocultura no Sertão do Pajeú” que será coordenado pelo Instituto Agronômico de Pernambuco – IPA, órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco.

Segundo um dos articuladores do programa no IPA, Paulo Nogueira, a meta é contribuir para o desenvolvimento de 20 municípios do Sertão do Pajeú, entre eles Afogados da Ingazeira, Mirandiba e Triunfo, além de Floresta, Sertão Central, através do incentivo à caprinovinocultura na região. Os principais resultados esperados são de ordem econômica e social; entre eles, agregação de valor aos produtos da área, aumento na renda dos produtores rurais, fixação do homem ao campo e, em conseqüência, incentivo ao setor no Estado.

Com o início do Programa os produtores rurais receberão benefícios como várias capacitações, abordando não só temas como associativismo e cooperativismo, mas também empreendedorismo, práticas de beneficiamento de produtos e manejos nutricional, sanitário, produtivo e reprodutivo.

Nas áreas de produção e acesso tecnológico serão realizadas, respectivamente, atividades em inseminação artificial e implantação de unidades de referência tecnológica, contando com o apoio de agrônomos, veterinários, zootecnistas e técnicos em agropecuária. A construção de poços, cisternas e barragens, o reflorestamento com espécies nativas da Caatinga e a melhoria das habitações locais também estão previstas. Integram, ainda, os campos de ação, zonas de beneficiamento e comercialização.

Fonte : www.nordesterural.com.br

http://www.nogueirafilho.com.br/arquivos_noticias/sertaopajeu.htm