Soja

Produtividade inédita de soja no Texas alcança 177,8 bushels por acre

29/10/2013

por Leonardo Gottems

Uma produção de 177,8 bushels de soja por acre foi alcançada na localidade de Rio Grande Valley, próxima a Weslaco (Texas/EUA). Trata-se de uma equipe de pesquisa e desenvolvimento da Stoller Enterprises Inc., que realizou 27 ensaios e produziu mais de 170 bushels por acre em pelo menos 10 deles, o que pode ser considerado um rendimento recorde em campos de pesquisa de soja.

A variedade de soja cultivada nestes ensaios recebeu tratamentos com produtos Stoller Power Plant em diferentes fases de crescimento. O produto aplicado foi projetados para aumentar a quantidade de energia absorvida e utilizada no crescimento e desenvolvimento da planta.

“A aplicação dos nossos produtos é um conceito totalmente novo no que se refere a aumentar a energia da semente”, afirma Jerry Stoller, presidente da empresa. “A semente tem muito mais potencial de rendimento do que os agricultores estão sendo capazes de extrair. O potencial genético de uma semente é muitas vezes limitado por fatores de estresse que prejudicam o seu rendimento. Quando uma planta utiliza sua capacidade de aumentar a absorção de nutrientes e luz solar, os resultados são inacreditáveis”, afirma ele.

A contagem alcançou até 400 vagens por planta, apesar de algumas delas ainda não apresentarem soja totalmente desenvolvidas. Havia quatro lotes em cada ensaios, e todos estavam sob irrigação por gotejamento. Cada lote recebeu duas aplicações de 125 libras por acre de nitrogênio. Nenhum adubo ou fertilizante adicional foi aplicado no lotes.

A pesquisa foi realizada sob a direção do Dr. Albert Liptay , diretor de pesquisa da Stoller. Ele acredita que a soja é capaz de produzir mais 50 bushels por acre se as folhas da planta forem capazes de transportar mais açúcar para as sementes de soja em desenvolvimento. A colheita das provas da pesquisa foram observadas pelo Dr. Juan Enciso, professor assistente e engenheiro agrônomo, com a participação da AgriLife Extension Service.

 

Fonte: Agrolink