Soja

Produtividade de soja, leite e ovinos é foco de simpósios na 48ª Expoagro

Produtores rurais, estudantes e outros profissionais do agronegócio terão a oportunidade, nos dias 15 e 16 de maio, de conhecer e atualizar-se sobre fatores que interferem na produtividade de soja, leite e ovinos durante três simpósios realizados na 48ª Feira Internacional de Dourados/MS (48ª Expoagro).

As inscrições são gratuitas, feitas no Auditório do Parque de Exposições. Na terça-feira(15) , acontece o  11º Simpósio da Agricultura, com o tema “Em busca da produtividade – ultrapassando limites”, das 7h30 às 17 horas. Na quarta-feira   ( 16) , das 7 às 12 horas, o alvo são produtores de ovinos, que saberão mais sobre o mercado e gerenciamento da criação. No mesmo dia, das 13 às 17 horas, o tema será a produção do leite em Mato Grosso do Sul.

No Simpósio da Agricultura, pesquisadores, produtores rurais e engenheiros agrônomos apresentam fatores que podem contribuir para altas produtividades. O evento é uma realização da Embrapa Agropecuária Oeste, empresa vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e do Grupo Plantio na Palha de Dourados (GPP), com promoção do Sindicato Rural de Dourados. As inscrições começam às 7h30.

Na programação, a primeira palestra será do engenheiro agrônomo e diretor-presidente do Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB), às 8h15, que explicará como funciona o ranking nacional e os estudos que analisam os que fatores levam produtores rurais a atingirem grande produtividade. Em seguida, às 10 horas, o produtor rural Leandro Sartoreli Ricci (Mamborê/PR) dará seu depoimento, contando como foi campeão de produtividade por dois anos seguidos, com produtividade superior a 100 sacas/ha.

Os elementos que limitam a obtenção de altas produtividades de soja serão abordados pelo pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, Rodrigo Arroyo Garcia, das 14 às 15 horas. Para finalizar, foi programado um debate sobre as reais perspectivas de se atingir patamares elevados de produtividade com sustentabilidade econômica e ambiental. No debate, estarão o engenheiro agrônomo e professor da UFGD Luiz Carlos Ferreira de Souza; o engenheiro agrônomo e produtor rural Élvio Rodrigues, o produtor rural de Dourados Peter Ferter e o engenheiro agrônomo Angelo Ximenes da Coperplan Dourados.

No dia 16, a UFGD, o Sindicato Rural de Dourados e a Embrapa Agropecuária Oeste realizam o 5º Simpósio de Ovinocultura. A “Gestão da Verminose” é o tema da palestra do veterinário e professor da UFPR (Curitiba/PR) Marcelo Beltrão Molento; o zootecnista e professor da UFGD, Fernando Miranda, explicará a “Criação de uma marca de qualidade da carne ovina em MS”. Já o zootecnista do Frigorífico Marfrig, Gustavo Martini,  abordará os desafios e oportunidades da carne ovina de qualidade. A “Análise econômica no confinamento de cordeiros” será o tema do administrador rural e professor da UFGD Marcio Rodrigues de Souza. Inscrições das 8 às 9 horas.

A produção do leite em Mato Grosso do Sul é outro assunto de interesse da sociedade e que será debatida também no dia 16, das 13 às 17 horas, durante o Simpósio do Leite, realização da Embrapa Agropecuária Oeste, Sindicato Rural de Dourados e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur). Inscrições às 13 horas.

O primeiro palestrante será o secretário adjunto da Seprotur, Paulo Engel, que falará sobre as “Políticas para o leite em Mato Grosso do Sul” a partir das 14 horas. Em seguida, será a vez da pesquisadora da Embrapa Gado de Leite (Juiz de Fora/MG), com a palestra “Programa de alimento seguro voltado para a produção de leite”.

Como explica o chefe adjunto de Pesquisa & Desenvolvimento da Embrapa Agropecuária Oeste, Guilherme Lafourcade Asmus, “a Embrapa, nacionalmente, possui estrutura, competência e conhecimento para contribuir com esses programas. A Embrapa Gado de Leite, por exemplo, é um Centro de Produto com mandato nacional, podendo atuar em conjunto com a Embrapa Agropecuária Oeste e demais instituições de Mato Grosso do Sul”.

Além disso, produtores rurais poderão tirar dúvidas sobre a nova Instrução Normativa nº 62, que alterou a IN nº 51/2002, que trata das normas de produção, comercialização e qualidade do leite.

Mais informações: 3416-9700/9742 (Embrapa Agropecuária Oeste) 48ª Expoagro – O evento será realizado pelo Sindicato Rural de Dourados/MS de 10 a 20 de maio de 2012.

Sílvia Zoche Borges ( MTb-MG 08223JP)
Embrapa Agropecuária Oeste
silvia.borges@cpao.embrapa.br
(67) 3416-9742