Curiosidades

Produção orgânica de abacaxi é um dos destaques da série Sistemas de Produção Embrapa

09/05/2017

Sistema Orgânico para Produção de Abacaxi para Lençóis, Chapada Diamantina – BA é mais um dos títulos do Sistema de Produção Embrapa (SPE) publicado em 2017. Dedicada ao primeiro sistema orgânico de produção para a cultura do abacaxi no Brasil, a publicação reúne informações técnicas sobre estabelecimento da cultura, preparo da área, seleção de variedades e mudas, práticas culturais, manejos de doenças, nematoides, insetos e ácaros, além dos manejos na colheita e pós-colheita, com base nos conhecimentos disponíveis e nos regulamentos aprovados para a produção orgânica de alimentos.

Os pesquisadores da Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas, BA) Zilton Cordeiro, Tullio de Pádua e Aristoteles de Matos são os editores técnicos da publicação.  Cordeiro explica que “o sistema orgânico de produção de abacaxi é fruto de uma parceria estabelecida entre a Embrapa Mandioca e Fruticultura e a empresa Bioenergia Orgânicos, que pretende fomentar a produção e o processamento de frutas obtidas de sistemas orgânicos, na região da Chapada Diamantina”.

“O projeto da empresa prevê o abastecimento da indústria com frutas de suas áreas de produção e, com pelo menos 50% de frutas adquiridas de pequenos produtores parceiros. O sistema de produção entra como a engrenagem principal para dar vida ao projeto, no qual os pequenos produtores receberão a assistência técnica necessária para produzir”, detalha Tullio de Pádua. “Já foram feitos três treinamentos envolvendo mais de 200 pequenos produtores da região, que demonstraram enorme interesse em se integrar ao projeto”, complementa.

O que se espera é que o sistema orgânico de produção de abacaxi possibilite a criação de novas alternativas de produção com garantia de sustentabilidade, ganhos econômicos para toda a região e melhoria da qualidade de vida dos pequenos produtores.

As publicações eletrônicas da série Sistemas de Produção Embrapa são destinadas principalmente a produtores rurais, técnicos e extensionistas. Elas trazem informações tecnológicas objetivas e recomendações técnicas de interesse prático, que podem ser úteis, também, para estudantes, professores e agentes das cadeias produtivas. Em geral, uma das principais características dos SPEs é a sua regionalidade, como o caso desse último lançamento. Atualmente, a série conta com 53 títulos, todos disponíveis para acesso gratuito no Portal da Embrapa.

Produção orgânica

Sistemas orgânicos de produção são aqueles que têm por objetivo a sustentabilidade econômica e ecológica, a maximização dos benefícios sociais e a minimização da dependência de energia não renovável, preocupando-se com a proteção do meio ambiente. Nesse sentido, devem empregar, sempre que possível, métodos culturais, biológicos e mecânicos que evitem o uso de materiais sintéticos, buscando a eliminação do uso de organismos geneticamente modificados e radiações ionizantes, em qualquer fase do processo de produção, processamento, armazenamento, distribuição e comercialização.

Além disso, os sistemas orgânicos de produção agropecuária adotam técnicas específicas, mediante a otimização do uso dos recursos naturais e socioeconômicos disponíveis e o respeito à integridade cultural das comunidades rurais. Assim, os produtos orgânicos são produzidos tendo a preocupação com o meio ambiente, buscando manejar de forma equilibrada o solo e os demais recursos naturais (água, plantas e animais), e mantendo a harmonia desses elementos entre si e com os seres humanos.

Fonte: Embrapa