Gerenciamento de Produção

Produção mundial de café deve cair 4,3% na safra 2011/2012

Organização Internacional do Café estima que serão produzidas 127 milhões de sacas

Agencia Estado
A safra mundial de café 2011/2012, em andamento em todos os países exportadores, deve apresentar redução de 4,33% em relação ao período anterior, segundo estimativa da Organização Internacional do Café (OIC). A produção deve alcançar 127,407 milhões de sacas de 60 quilos ante 133,175 milhões de sacas em 2010/11.
Conforme relatório da OIC, condições climáticas adversas foram agravadas em inúmeros países exportadores, particularmente na América Central e na Indonésia, podendo trazer problemas para atividades, principalmente de pós-colheita. “A Colômbia também parece apresentar risco de reduzir a produção pelo quarto ano-safra consecutivo. Se o mau tempo continuar, o potencial de produção e a qualidade do café na safra 2011/2012 podem ser prejudicados”, informou a organização.
A produção brasileira, a maior do mundo, deve ter redução de 10,3%, para 43,1 milhões de sacas em 2011/12, por causa da bienalidade da cultura (safras grandes são seguidas de colheitas menores no ano seguinte).
O consumo mundial de café, segundo a OIC, está estimado em 135 milhões de sacas em 2010, em comparação com 131,8 milhões de sacas em 2009. A organização não divulgou previsão para este ano.
O preço médio composto da OIC em outubro, que marcou o início do novo ano-safra do café, caiu 9%, para 193,90 centavos de dólar por libra-peso, em comparação com 213,04 centavos de dólar em setembro. Esta é a menor média mensal registrada até agora em 2011. Conforme a OIC, a queda é resultado em grande parte da crise financeira global, que está exercendo pressões negativas em quase todos os preços de commodities.
Fonte: http://www.portaldoagronegocio.com.br/conteudo.php?tit=producao_mundial_de_cafe_deve_cair_4,3_na_safra_20112012&id=65333