Soja

Produção de soja na Bahia deve crescer 45% em dez anos

07/08/13
Mapa apresenta projeções de crescimento do agronegócio nas diferentes regiões

Estudos feitos pela Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (AGE/Mapa) apontam crescimento nas culturas de soja, cana de açúcar, milho, arroz, trigo e uva nos próximos dez anos. Bahia, Mato Grosso, Paraná, Minas Gerais, e Rio Grande do Sul, estão entre os estados que mais devem produzir no período.

Na safra 2022/2023, a produção de soja na Bahia pode crescer 45,7%. O cultivo da safra 2012/2013 foi de 2,7 milhões de toneladas e deve chegar a 3,9 milhões em dez anos. No estado do Mato Grosso, maior produtor de soja do Brasil, esse aumento pode chegar a 25,6%. Na safra de 2012/13, foram produzidas 23,5 milhões de toneladas e a previsão para os próximos dez anos é de 29,6 milhões.

A safra de cana de açúcar 2022/2023 do Paraná está estimada em 55,2 milhões de toneladas, contra 39,7 milhões da safra atual, ou seja, crescimento de 39%. Em Minas Gerais o aumento previsto é de 61,2%, sendo que a produção prevista neste ano é de 51,2 milhões de toneladas com previsão de 82,5 milhões daqui a dez anos. Mato Grosso também terá aumento na produção de cana de açúcar, a estimativa é de 20,8 milhões de toneladas, contra 16,3 milhões neste ano de 2013, o que representa um crescimento de 27,8%.

Nos próximos dez anos, a expectativa de produção de milho em Mato Grosso está entre 22,2 e 30,8 milhões, alta que pode chegar a 49,5 %, já que a produção deste ano deve ficar em 17,4 milhões de toneladas. No Paraná, a previsão de aumento está entre 16,9 e 43,8 %, e em Minas Gerais, entre 15,9 e 38,0 %. A produção de arroz no Rio Grande do Sul pode crescer entre 17,7 e 32,2 % ou seja, em 2022/2023 pode chegar a 12,3 milhões de toneladas contra 8,3 milhões em 2012/2013. Já a produção de trigo pode ter um aumento de 23,1%, e a de uva 15,9% no mesmo estado.

 

Fonte: Agrolink