Soja

Produção de soja deve cair em 2018

06/09/2017

O Brasil deve produzir 108,50 milhões de toneladas no próximo ano, de acordo com Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove). A projeção representa uma queda de 4,65% em relação às 113,80 milhões de toneladas estimadas para 2017.

Por outro lado, o processamento de soja deve aumentar de 41,50 milhões de toneladas previstas para 2017 para 43 milhões de toneladas no ano que vem. De acordo com a Abiove, o resultado se deve a uma produção maior de farelo proteico (de 31,50 milhões de t para 32,70 milhões de t) e ao aumento da produção de óleo, de 8,20 milhões de t para 8,50 milhões de t na mesma base de comparação.

Segundo a associação, a elevação no processamento de soja é explicada pela introdução do B10 no mercado a partir de março de 2018, o que deve ser confirmado em anúncio esperado ainda para este mês. A atual mistura de biodiesel ao diesel fóssil passará de 8% (B8) para 10%.

A projeção inclui ainda aumento das vendas externas de soja em grão, de 64 milhões de t, segundo a previsão para 2017, para 65 milhões de t, e crescimento nas exportações de farelo proteico, de 15,70 milhões de t para 16,20 milhões de t. O consumo doméstico de óleo de soja crescerá em 2018, de 7 milhões de toneladas, de acordo com a previsão divulgada hoje, para 7,70 milhões de t.

Em termos de valores, a Abiove prevê para 2018 vendas externas do complexo soja de US$ 29,38 bilhões, valor pouco menor do que o projetado para este ano, US$ 29,82 bilhões.

Fonte: Agrolink