Produção de etanol e biodiesel deve aumentar

21/08/2018

Um relatório divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) indicou que a produção de etanol do brasil para o ano de 2018 deve fechar em mais de 30 bilhões de litros, um aumento de 9% sobre os dados do ano passado. EM relação ao biodiesel o aumento é ainda maior, cerca de 26% em relação à 2017, chegando a mais de 5 bilhões de litros.

De acordo com o USDA, a demanda doméstica total por etanol (combustível e outros usos) para 2018 é estimada em 28,72 bilhões de litros. A isso, o departamento atribui a greve dos caminhoneiros que acabou acumulando fretes por 11 dias no mês de maio e também ao excedente de açúcar disponível no mercado mundial, o que faz que uma quantia maior de cana seja disponibilizada para a produção de combustíveis esse ano.

“A cana-de-açúcar direcionada para a produção de etanol na safra atual é estimada em 61%, comparado a 53,6% em 2017. Essa taxa mais alta é atribuída à expectativa de um excedente continuado de açúcar no mercado mundial em 2018/19, tornando assim os mercados mundiais de açúcar menos atraente”, diz o texto.

Além disso, o aumento da demanda doméstica por etanol, influenciado pelos altos preços da gasolina, também incentivou as decisões das usinas de etanol a destinar mais cana-de-açúcar para a produção de etanol. Nesse cenário, os altos preços da gasolina estão fazendo com que os produtores rurais recorrem ao uso de seus veículos a diesel, o que também influencia no aumento do consumo desse combustível.

“Informes estimam um consumo interno total de biodiesel para 2018 em aproximadamente 5,37 bilhões de litros, um aumento de 25% em relação a 2017 (4,3 bilhões de litros)”, conclui o relatório.

Fonte: Agrolink