Curiosidades

Produção de cenoura contribui para a lucratividade dos agricultores

19/08/2015

A cenoura é uma das hortaliças mais consumidas pelos brasileiros, seja in natura ou processada (cortada e/ou congelada). Fonte de muitas vitaminas e minerais, conquistou o paladar dos consumidores pelo seu sabor agradável e por sua versatilidade no consumo, características que têm impulsionado a comercialização no país e atraído cada vez mais produtores rurais.

A produção de cenoura é de aproximadamente 700 mil toneladas ao ano, segundo a Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas de Hortaliças (ABCSEM). As principais regiões de cultivo da hortaliça no Brasil se concentram nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Bahia.

Sua relevância para o mercado nacional impulsionou as empresas sementeiras a desenvolverem híbridos que pudessem ser cultivados em diferentes estações do ano, mantendo a qualidade e provendo incremento na produtividade. Por isso, a cenoura é uma excelente opção de cultivo, praticamente, durante o ano todo.

“A indústria sementeira tem investido constantemente em pesquisas para encontrar variedades que possam se adaptar às mais diferentes estações do ano e locais de plantio, visando proporcionar ao produtor a obtenção de um produto com excelência e constância no fornecimento ao mercado, fatores importantes para torná-las ainda mais rentáveis”, explica Steven Udsen, presidente da ABCSEM.

Tecnologias associadas

Além do uso de sementes híbridas e de variedades mais adaptadas ao clima brasileiro, a cultura da cenoura também ganhou incrementos tecnológicos na produção ao longo dos últimos anos, como a realização do plantio e da colheita por meio de maquinário agrícola, bem como a adoção de câmaras frias para armazenamento e conservação dos produtos nas propriedades após a colheita. Estes fatores também contribuíram muito para a atratividade do cultivo da cenoura como negócio pelos produtores brasileiros, a fim de agregar ainda mais rentabilidade por meio da produção desta cultivar.

Nutrientes e formas de consumo

Rica em vitamina A, a hortaliça possui ainda em sua composição as vitaminas B1, B2, B5, C, cálcio, sódio e potássio. A ingestão regular de cenoura contribui para a saúde dos olhos, dentes, pele e cabelos. Além disso, ajuda não apenas no combate à anemia e falta de vitaminas no sangue, como também na resistência do organismo a doenças em geral.

A hortaliça pode ser consumida em saladas, conservas, cozida ou ainda no preparo de acompanhamentos, sopas, sucos e bolos. Uma tendência recente é o consumo das cenouras do tipo “Baby” (processadas) como lanche ou petisco, buscando estimular o consumo principalmente pelo público infantil. Vale lembrar também que as folhas da cenoura são comestíveis e muito saborosas para o consumo.

Fonte: Agrolink