Sanitário

Primeira etapa de vacinação contra aftosa chega a 50% de cobertura

20/05/2014

A 15 dias do encerramento da primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa, que vai até 31 de maio, o Estado já atingiu 50% de cobertura. A informação é de Fernando Groff, coordenador, pela Secretaria da Agricultura, do Programa Nacional de Erradicação e Controle da Febre Aftosa (PNEFA). Os produtores têm até 6 junho para comprovar a vacinação nas Inspetorias de Defesa Agropecuária (IDA).

O número até agora representa cerca de sete milhões de bovinos. O rebanho gaúcho é de aproximadamente 14 milhões de cabeças. A meta, estipulada pelo Ministério da Agricultura, precisa ultrapassar 90% de cobertura.

O RS, na segunda fase do ano passado, que acontece em novembro, chegou a 97,9%. O Governo do Estado distribui gratuitamente 5,5 milhões de doses a pecuaristas familiares, numa iniciativa única no País e investimento de quase R$ 10 milhões. Eles precisam estar enquadrados nos critérios do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e no Programa Estadual de Desenvolvimento da Pecuária de Corte(Pecfam) e ter no máximo cem animais por propriedade.

Inquéritos de eficiência vacinal e circulação viral ocorrerão em 2014

Conforme determina aOrganização Mundial de Saúde Animal (OIE), a cada dois anos é necessário realizar inquérito soroepidemiológico de eficiência vacinal. No Rio Grande do Sul, será feito este ano. Serão coletadas amostras em localidades e propriedades sorteadas entre todas as cadastradas na Secretaria da Agricultura. Com isso, pretende-se comprovar eficiência da imunização do rebanho.

Fonte: Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul