Café

Praticamente não teremos estoques de passagem, diz Escritório Carvalhaes

Publicado em 27/04/2015

“Como será coberta a diferença entre o tamanho da nova safra e a necessidade brasileira de café?”, questionou uma tradicional exportadora e corretora de café de Santos (SP). Segundo o Escritório Carvalhaes, os altos volumes exportados, somados aos sérios problemas climáticos em 2014, tornam difícil a missão de suprir a demanda que está por vir. “O Brasil terá de atender seus compromissos de exportação e consumo interno, cerca de 55 milhões de sacas, com a safra que começamos a colher neste mês de abril”, aponta.

Leia a matéria na íntegra no site CaféPoint.

Fonte: CaféPoint