Catálogos técnicos e de produtos

Pragas das Pastagens: Uma Análise Crítica

Aluna: Marisa Cassia de Oliveira

Prof.: Domicio do Nascimento Jr.

VIÇOSA – MG, Julho – 1997

1. introdução

As pastagens constituem-se em fonte de alimento para diversos sp. de herbívoros, devendo ser conduzida de umaforma técnica à semelhança de outras culturas. Está se explorando nestas áreas diferentes possibilidades deincrementar a produção de gado, incluindo um manejo racional das savanas naturais e a introdução de espéciesforrageiras de alto valor nutritivo adaptadas as condições climáticas e edáficas próprias de cada região.O estabelecimento e manutenção das pastagens, principalmente de gramíneas tropicais, estão sujeitos à váriosfatores que uma vez menosprezados podem comprometer a produção de carne e leite. Entre esses fatores deve-sedar ênfase ao aparecimento de insetos-pragas, que pelo aumento de suas populações podem causar danoseconômicos às pastagens com reflexo direto na produção animal. O aumento das populações de insetos naspastagens está diretamente correlacionado com o crescimento das áreas de plantio e com a maior disponibilidadede alimento.Apesar de existir cerca de 500 sp. de insetos vivendo nas pastagens, poucas são as que provocam danoseconômicos, sendo consideradas importantes.Um manejo adequado das pastagens inclui o estabelecimento de práticas agrícolas e fitossanitárias que previnamou minimizem as perdas causadas por ervas daninhas, insetos e patógenos.

Leia na íntegra