Pecuária

PR: Elite do plantel regional estará na Olimpíada do Leite

06/03/2014

Em sua 11ª edição, a Olimpíada do Leite, que integra a programação da Expo-Umuarama 2014, que acontece de 13 a 23 de março no Parque de Exposições Dario Pimenta Nóbrega, vai reunir 40 animais da elite do plantel de produtores de municípios do Noroeste e convidados de outras regiões.

Maior evento do gênero no Paraná e um dos mais expressivos do País, a Olimpíada do Leite é resultado da consolidação da região de Umuarama na última década como a segunda maior bacia leiteira do Estado, e este ano vai premiar os melhores produtores com duas motocicletas 125cc zero quilômetro.

A premiação é uma novidade em relação à edição anterior do torneio leiteiro, quando apenas uma moto foi oferecida para o campeão geral. Este ano também será premiado o produtor cujo animal tiver a produção média diária mais próxima de 40 quilos.

A campeã geral do ano passado foi a vaca holandesa “Alice”, do produtor Hugo Mariz, de Iporã, com média próxima de 75 quilos/dia.

“Esta foi a forma que encontramos para valorizar a participação de animais com produção nessa faixa de 40 quilos/dia, animais de outras raças que não a holandesa, que devido ao seu alto potencial produtivo sempre tem vencido o torneio”, explica Cid Clay Gabarão, coordenador da Olimpíada do Leite e vice-presidente da Sociedade Rural de Umuarama (SRU).

Estão inscritos para o torneio leiteiro animais das raças holandesa, Jersey, girolando e também gir e pardo suíço, além de mestiços.

Programação

Em paralelo ao torneio leiteiro, a 11ª Olimpíada do Leite terá também os julgamentos de animais com e sem registro das raças holandesa, jersey e girolando, sendo 300 bezerras e novilhas entre 3 e 20 meses e 40 vacas de primeira e segunda cria.

A Olimpíada do Leite também oferece encontros com profissionais experientes que discorrem sobre mercado, manejo e nutrição dos animais. Também faz parte da programação o concurso Delícias do Leite, onde concorrem as melhores receitas, o shopping de animais de leite, e o leilão de novilhas das principais raças produtoras.

Fonte: Umuarama Ilustrado