biblioteca

Polícia dá prazo de dois dias para sem-terra deixarem fazenda no Paraná

Publicado em 18/05/2016

A Polícia Militar estabeleceu prazo de dois dias para que os integrantes do Movimento de Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) desocupem totalmente a Fazenda Santa Maria, em Santa Terezinha de Itaipu, no oeste do Paraná. Segundo o tenente coronel Washington Lee Abe, comandante regional da PM, as cerca de 450 pessoas devem ser transferidas para o Assentamento Antônio Tavares, na vizinha São Miguel do Iguaçu. Os sem-terra haviam pedido oito dias para a desocupação da área.

No início da manhã desta quarta-feira (18), cerca de 650 policiais militares foram mobilizados para o cumprimento da ordem de reintegração de posse da área ocupada desde o dia 18 de março. Houve resistência e os sem-terra tentaram impedir o acesso dos policiais à área.

Os sem-terra atearam fogo em pneus, caminhões e tratores e interditaram os dois sentidos da BR-277. Os manifestantes jogaram pedras nos policiais, que reagiram usando gás lacrimogênio e balas de borracha para dispersar o grupo. A rodovia ficou bloqueada nos dois sentidos por cerca de uma hora e meia.

Leia a notícia na íntegra no site do G1

Fonte: G1