Rações

Pecuaristas participam de palestras sobre nutrição animal e ensilagem em Goiás

Especialistas apresentaram dicas e orientações para o aprimoramento e avanço do trabalho

CANAL RURAL

Pecuaristas do Sudoeste de Goiás se reuniram nesta quinta, dia 15, para conhecer avanços obtidos no campo da nutrição animal e processo de ensilagem. O evento foi realizado em Rio Verde e faz parte de um ciclo de 15 encontros organizados em diversos Estados por cooperativas do setor. O mestre em agronegócios Edson Carlos Popi foi um dos palestrantes e apontou formas de evitar perdas qualitativas no manejo.

Segundo ele, não existe uma forragem perfeita para ensilar. Ele acrescentou que o trabalho varia dependendo de cada região. E também de acordo com as condições do pecuarista.

De acordo com os técnicos participantes, após a silagem ser armazenada, ela deve permanecer em temperatura ambiente. Se ela estiver de dois a três graus acima, é sinal de que a conservação não está boa. Isso pode acarretar a perda de oxigênio e PH, além de contribuir para o aumento de bactérias indesejáveis. Pode ainda ocorrer a diminuição de nutrientes.

O doutor em nutrição animal Lucas Mari explicou aos criadores os efeitos da contaminação nos animais. Ele afirma que alguns cuidados simples podem evitar prejuízos. Entre eles, Mari destaca o uso de inoculante a favor e a compactação certa.

Fonte: http://www.portaldoagronegocio.com.br/conteudo.php?tit=pecuaristas_participam_de_palestras_sobre_nutricao_animal_e_ensilagem_em_goias&id=67296