Defensivos

Palestras temáticas e resultados diferenciados do Programa DuPont HF na Hortitec 2014

27/05/2014

A DuPont do Brasil Proteção de Cultivos apresenta durante a 21ª edição Hortitec, que acontece de 28 a 30 de maio, em Holambra (SP), uma plataforma tecnológica que tem proporcionado ganhos em produtividade de até 40 caixas de tomate por mil pés plantados, em diversas regiões de cultivo.

De acordo com o gerente de marketing da DuPont para a área de hortícolas, o engenheiro agrônomo Luiz Grandeza, esse benefício ao produtor está relacionado a uma metodologia de tratamento preventivo chamada Programa Tomate, apoiada na aplicação correta e segura de fungicidas e inseticidas.

“Trata-se de uma estratégia de manejo que visa ao controle efetivo das doenças requeima e pinta-preta e de insetos-pragas como as lagartas, que levam anualmente prejuízos representativos aos produtores”, resume Grandeza.

Segundo o engenheiro agrônomo da DuPont, ao adotar o Programa Tomate e realizar as aplicações dos produtos em conformidade com as recomendações, o agricultor fomenta a máxima produtividade de sua lavoura.

“Fora ganhos em produtividade e rentabilidade, há elevação visível na qualidade final do fruto tratado pelo Programa Tomate”, acrescenta o executivo. “O tomaticultor trabalha continuamente para obter plantas vigorosas, pois esse é o melhor caminho para que colha sua rentabilidade”, complementa Grandeza.

O Programa Tomate da DuPont apoia-se no emprego dos fungicidas Equation®, Midas®, Curzate®, Kocide® e Manzate® WG, além dos inseticidas Rumo® WG, Premio® e Lannate® BR.

Esses produtos, ressalta Grandeza, contam com formulações modernas, mais seguras e geralmente são empregados em doses reduzidas.

O inseticida Premio® resulta de uma molécula de ponta denominada Runaxypyr®, que chegou ao Brasil há cerca de quatro anos e é usada com sucesso por agricultores de vários países. De baixa toxicidade,  possibilita o manejo eficaz de lagartas de difícil controle incluindo a traça do tomateiro e as brocas.

Na categoria de fungicidas, as marcas Equation® e Midas® serão os destaques do estande da DuPont na Hortitec. “O produto mantém-se forte na percepção do agricultor por sua reputação associada à confiabilidade que transfere no controle preventivo da requeima e da pinta-preta, doenças que volta e meia tiram o sono do tomaticultor”, complementa Grandeza.

A companhia também apresenta aos produtores os inseticidas Verimark® e Benevia®, produtos que se encontram em fase de registro nos órgãos oficiais – MAPA, ANVISA e IBAMA. Ambos serão comercializados nas culturas de batata, tomate, café, feijão e melão.

Verimark® e Benevia® foram desenvolvidos com base na revolucionária molécula Cyazypyr®, que de acordo com a DuPont vem sendo testada no Brasil há cerca de quatro anos e teve sua eficácia comprovada em mais de 300 campos de observação. Cyazypyr® introduzirá no mercado um novo conceito no controle de insetos-pragas na hortifruticultura.

Em parceria com o Projeto Hortifruti Brasil, desenvolvido pelo CEPEA – Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, órgão ligado à ESALQ/USP -, a DuPont traz para os produtores, clientes e visitantes da feira a Sala do Produtor, um espaço destinado a palestras sobre as perspectivas do mercado de HF no período 2014/15, novas tecnologias e gestão sustentável.

Os temas serão abordados pela coordenadora geral do Projeto HF Brasil, Margarete Boteon; pelos editores econômicos para hortaliças, João Paulo Deleo e Renata Pozelli e pelas editoras econômicas para frutas, Mayra Viana, Letícia Julião e Larissa Gui Pagliuca.

O estande da companhia na Hortitec também reserva espaço para as estratégias de controle de pragas e doenças que a companhia disponibiliza ao agricultor nas áreas de batata, cebola, melão e uva.

Fonte: Agrolink