Curiosidades

Países árabes compram mais grãos do Brasil

Publicado em 18/07/2016

Levantamento feito pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (CCAB) mostra que as exportações de grãos para os 22 países que integram a Liga Árabe tiveram uma alta expressiva, de 113,94%, no primeiro semestre de 2016 em relação ao mesmo período de 2015. As exportações de cereais entre janeiro e junho atingiram US$ 341 milhões, o que representa 2,08 milhões de toneladas. Em 2015 os árabes compraram 720 mil toneladas, ou US$ 159,6 milhões.

Com relação aos países, a Arábia Saudita, os Emirados Árabes e o Egito foram os países que mais compraram do Brasil.

No total, porém, o levantamento, feito a partir de dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), mostra que as exportações totais caíram em relação ao mesmo período de 2015, passando de US$ 5,78 bilhões no ano passado para US$ 5,24 bilhões este ano.

As importações dos países árabes também registram queda no primeiro semestre, passando de US$ 3,37 bilhões em 2015 para US$ 2,66 bilhões este ano. O produto mais importando pelos brasileiros foi combustíveis minerais.

De acordo com o secretário-geral da CCAB, Michel Alaby, a alta na venda de cereais no primeiro semestre aconteceu porque os países estão reabastecendo seus estoques. Apesar da queda no primeiro semestre, Alaby está otimista e diz que existe uma demanda a ser atendida.

Sobre a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira representa 22 países árabes, foi fundada em 1952 e tem como missão aproximar comercialmente o Brasil dos países árabes, incrementando intercâmbios culturais e turísticos entre árabes e brasileiros. A entidade oferece diversos serviços de apoio ao comércio bilateral, como certificação de documentos, informações sobre mercados, traduções, eventos e workshops. Disponibiliza, também, o Espaço do Conhecimento Comercial, um centro de referência para pesquisas das relações entre o Brasil e os países árabes.

Fonte: Câmara de Com. Árabe-Brasileira