Curiosidades

Onde está a água doce brasileira?

Cerca de 80% da água doce do País está na região Amazônica; os outros 20% abastecem larga extensão do território brasileiro onde habita 95% da população. No Brasil, a vazão média anual dos rios equivale a 12% da disponibilidade mundial de recursos hídricos. Se consideradas as vazões oriundas de rios localizados no Uruguai, Paraguai e em países da região Amazônica, esse percentual, no entanto, pode crescer e alcançar 18% do total global, conforme relatado pelo Plano Nacional de Recursos Hídricos (PNRH). Este conjunto de cursos de água estão distribuídos pelo território brasileiro por 12 Regiões Hidrográficas (RH): Amazônica, Atlântico Leste, Atlântico Nordeste Ocidental, Atlântico Nordeste Oriental, Atlântico Sudeste, Atlântico Sul, Parnaíba, São Francisco, Tocantins-Araguaia, Uruguai, Paraguai e Paraná. De modo geral, temos uma situação hídrica muito confortável: 33.376 m3/habitante/ano. A Organização das Nações Unidas (ONU) estima em 2.500 m³/habitante/ano o volume de água suficiente para manutenção dos ecossistemas aquáticos e para o exercício das atividades humanas, sociais e econômicas. Contudo, observação mais detalhada revela distribuição desigual dos recursos hídricos. Enquanto um habitante do Amazonas dispõe de 700.000 m³ de água por ano, um habitante da Região Metropolitana de São Paulo tem apenas 280 m³/ano. Na RH Atlântico Nordeste Oriental, que abrange os estados do Piauí, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas, a relação é de 1.145 m³/hab/ano, consequência da variação de precipitações nessa área. Também em sub-regiões do Paraná (Tietê) e do Atlântico Sudeste (Litoral Rio de Janeiro), a baixa disponibilidade de água por habitante (de 1.000 a 1.700 m³/hab/ano) é resultado da elevada concentração populacional.

Fonte: http://www.noticiasagricolas.com.br/