Tire suas Duvidas

O que fazer fazer com a desconfiança na hora das negociações?

Um dos principais problemas entre pecuaristas e frigoríficos é a desconfiança na hora das negociações. O valor pago pela arroba e a pesagem são pontos de atrito em boa parte das operações. Com a crise, um novo item de desconfiança tomou forma: o pagamento.

Para melhorar esse relacionamento, Douglas Oliveira, do frigorífico Mercosul, propõe a criação de um Conseboi, que seria um conselho formado por pecuaristas e frigoríficos para acompanhamento de todo o processo da carne, do pasto à exportação ou ao consumo interno. Esse acompanhamento seria um ponto de referência para o pagamento do boi.

A ideia foi colocada em prática pelos setores sucroalcooleiro e de leite no Paraná e está dando certo. “Acabaram os conflitos”, diz Antonio de Padua Rodrigues, da Unica (entidade que reúne as usinas).

 

Indústria da carne avalia criação do ‘conselho do boi’

Terça-feira, 05/05/2009

Autor: MAURO ZAFALON  .  .         3498MZRUN

Origem do texto: DA REDAÇÃO

Editoria: DINHEIRO   Página: B10     095/4685790

Edição: São Paulo       May 5, 2009

Seção: AGROFOLHA