Rações

O que é Zootencia? : Zootecnista tem grande importância no segmento de fabricação de rações e suplementos para animais

No mundo atual, globalizado e altamente competitivo, a busca contínua pelo alto padrão de qualidade e a minimização dos custos de produção são os principais fatores para se alcançar e manter a competitividade, na indústria animal. As inovações tecnológicas têm sido um dos instrumentos efetivos para que o sistema de produção animal alcance altos índices zootécnicos e econômicos e para que a produção de proteína de origem animal seja de alta qualidade e menos onerosa para a alimentação da população brasileira.

O Brasil está entre os maiores fabricantes de rações e suplementos para a nutrição animal do mundo. A perspectiva para a próxima década é de um elevado crescimento, favorecida por uma necessidade de alimentação de rebanhos cada vez maiores, impulsionada pelo aumento do consumo interno de produtos de origem animal e pelas crescentes exportações. Atualmente, a produção brasileira de rações e suplementos alcançou aproximadamente 60 milhões de toneladas, sendo a avicultura (56%) o segmento com o maior consumo, seguido por suinocultura (27%), bovinocultura (11%), animais de estimação (3,5%) e outros (2,5%).

Durante décadas, temos assistido a uma revolução na indústria animal, onde o melhoramento genético alcança, cada vez mais, altas taxas de crescimento, melhor conversão alimentar e alto rendimento e qualidade de carcaças dos animais de interesse zootécnico. A evolução constante nas áreas de nutrição, manejo e ambiência estão pressionando as indústrias de rações a reverem seus procedimentos de produção e a renovarem suas tecnologias.

A conscientização da população mundial quanto à necessidade de se consumir alimentos seguros é o clímax da revolução alimentar que temos assistido, principalmente nos países do primeiro mundo. Os técnicos da área de produção animal não devem medir esforços para conquistar a credibilidade do consumidor, que, cada vez mais, está se preocupando com sua saúde e bem-estar. O zootecnista é um profissional comprometido com estes objetivos e deve estar apto a atuar nesse importante segmento no Brasil.

A produção de alimentos seguros será o objetivo principal das indústrias de rações do futuro. A otimização de um sistema de rastreabilidade, que permitirá acompanhar os ingredientes por todo o sistema de produção, bem como a revisão das condições dos produtos em cada etapa, já estão sendo desenvolvidos. As informações sobre a origem, os processos de produção realizados e a qualidade dos produtos entregues nos seus destinos estarão disponíveis para garantir a maximização do desempenho dos animais e a segurança alimentar.

No cotidiano de uma fábrica de rações, é indispensável a observação, avaliação e bom senso para a tomada de decisões para que a ação correspondente seja eficiente e eficaz. É um setor tão importante quanto qualquer outro dentro da área de produção animal e, portanto, não podemos ficar à espera de soluções. Com visão no futuro e ações concretas no presente, é que os profissionais zootecnistas devem nortear seu trabalho nesse segmento industrial, garantindo a qualidade do produto final e melhores resultados técnicos e econômicos.

Fonte: Avicultura Industrial

http://www.zootecniabrasil.com.br/sistema/modules/news/article.php?storyid=3055