Cadeia Produtiva

O poder medicinal do látex tirada da seringueira

A borracha extraída da seringueira, espécie típica da Floresta Amazônica, revolucinou a história da indústria automobilistica ao permitir, através da vulcanização a fabricação de pneus. Atualmente, são conhecidas mais de 33 mil utilizações diferentes para o látex. A novidade é que a seiva da seringueira também tem propriedades curativas.
A descoberta das propriedades medicinais do látex foi uma surpresa. Pesquisadores da Bioquímica da USP de Ribeirão Preto, interior paulista, buscavam um material de baixo custo, que não fosse rejeitada pelo corpo humano e substituisse um material sintético na produção de uma prótese de esôfago como essa daqui. O esôfago é o órgão que liga a boca ao estômago. As próteses foram produzidas e colocadas em animais que, para o espanto dos pesquisadores,dez dias depois estavam curados.
Entrevista com o Professor Joaquim Coutinho Netto – coordenador da pesquisa – “O material estimulou a formação de um neo esôfago,quer dizer, um tecido com mucosa, sub-mucosa, músculos, glândulas.”
A formação de tecido novo é uma raridade na literatura científica. Os cientistas perceberam queo látex,tem a capacidade de estimular o crescimento de vasos sangüíneos, chamada de angiogênese,e de tecidos, chamada de neoformação. Eles passaram, então, a buscar novas utilizações para o material. E produziram curativos, as biomembranas, para tratar de pacientes que sofrem de úlceras crônicas de diferentes origens como diabetes e varizes.
Entrevista com o Professor Joaquim Coutinho Netto -“O resultado é fantástico. Incrivelmente, poderoso o poder cicatrizante desse material. O que nos vimos é que úlceras abertas há 10,15, 40 anos, nós colocamos esse material e trocamos todos os dias e em torno do décimo, décimo-segundo dia há um desenvolvimento muito grande de novos vasos sanguíneos na área da ferida”.
Entrevista com o dermatologista da USP Marcos Andrey- “Eu trabalho com a biomembrana desde 1998 e acredito que mais de 500 pacientes tenham usado desse produto em nossos protocolos de pesquisa. + O que a gente observa é que a biomembrana tem uma atividade desbridante muito importante. E o que é desbridante? É uma atividade que ela faz uma limpeza da ferida de toda a região ulcerada e isso facilita muito a vida médica. Uma outra atividade importante da biomembrana é a capacidade que tem de formar vasos, ou seja, fazer um tecido de granulação mais rico que é importante para levar os nutrientes necessários para fazer a cicatrização”.
Além disso, mais de 600 reconstruções de tímpanos foram feitas com 98 por cento de casos bem-sucedidos.
Entrevista com o Professor Joaquim Coutinho Netto – “Nós estamos usando também esse esse material em peritoniostomia,ou seja, no tratamento de peritonite, ou seja, para fechar o abdômen com vísceras para fora. Nisso é muito rápido a cicatrização”.

Autor:
Reportagem e Pauta : Maria Zulmira de Souza. Imagens: Valdir Rodrigues. Auxiliar de Câmera: Marcelo Scano. Operador de Áudio: Ailton da Silva Alves. Edição de Texto: Mariene Pádua e Valesca Canabarros.

Fonte:  http://www2.tvcultura.com.br/reportereco/materia.asp?materiaid=204