Novo fungicida é registrado para diversas culturas

29/01/2018

Foi registrado no Brasil o fungicida Orbis, que possui em sua composição tebuconazole e pertence ao grupo químico triazol. Após avaliação de eficiência e praticabilidade do produto, a autorização foi concedida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

De acordo com a fabricante, a BRA Agroquímica, o fungicida tem formulação Concentrada Emusionável (EC) e concentração de 200g/L. “O Tebuconazole Orbis é um fungicida sistêmico do grupo químico Triazol, caracterizado pelo mecanismo de ação denominado IBE (inibidor da biossíntese do ergosterol). Apresenta ação preventiva e curativa nos alvos biológicos, os quais causam consideráveis danos à produção de diversas culturas”, aponta a empresa.

O produto fungicida é indicado para o controle de pragas nas culturas de abacaxi, álamo, alho, amendoim, arroz, aveia, banana, batata, beterraba, cacau, café, cebola, cenoura, cevada, citros, crisântemo, feijão, figo, gladíolo, goiaba, mamão, manga, maracujá, melancia, melão, milho, morango, pepino, pêssego, rosa, soja, sorgo, tomate, trigo e uva.

Segundo o parecer do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, não foram registrados sintomas de fitotoxidez nos laudos apresentados. De acordo com a avaliação oficial, as doses propostas pela BRA foram consideradas favoráveis. O produto possui opções de embalagens contendo um, cinco e 200 litros.

A BRA Agroquímica é uma empresa de capital 100% brasileiro que opera nos setores de defensivos agrícolas e nutrição vegetal. Iniciou suas atividades em 2004, está sediada em Piracicaba, no interior de São Paulo, mas seus produtos são comercializados em todo território nacional por meio de uma rede de distribuidores. “O foco é gerar soluções inovadoras para o desenvolvimento do agronegócio brasileiro”, afirma a BRA.

Fonte: Agrolink