Pecuária

Novo Frigorífico em Alagoinhas (BA) vai Atender a 12 cidades da região


Como resultado da política de atração de investimentos do Governo do Estado, foi inaugurado neste sábado, dia 21, o Frigorífico Regional de Alagoinhas (Frigoalas). Com capacidade diária total para abater 1,1 mil animais como bovinos, suínos, caprinos e ovinos, a unidade de Alagoinhas vai atender a 12 cidades da região. O investimento do empreendimento foi de R$ 12 milhões, com previsão de gerar 200 empregos diretos e pelo menos 400 indiretos.

Segundo o secretário da Agricultura, Roberto Muniz, é muito importante apoiar a implantação de frigoríficos regionais na Bahia, principalmente com o selo do Serviço de Inspeção Estadual (SIE). “É fundamental para a reorganização da cadeia produtiva da carne no estado, garantindo a oferta de alimentos seguros e de qualidade à população baiana”, assegura Muniz.

A Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri), por meio da Agência Estadual de Defesa Agropecuária (Adab), acompanhou todo o processo de implantação do frigorífico, desde a elaboração do projeto, inspeção do terreno, até a liberação para funcionamento. “A Adab é responsável pelo cumprimento da Portaria nº 304 do Ministério da Agricultura (Mapa), que tem como objetivo garantir a qualidade da carne no abate e no transporte”, afirma o diretor-geral da Adab, Cássio Peixoto. A meta da agência é ampliar o número de municípios com abatedouros frigoríficos sob fiscalização do SIE, para combater o abate clandestino e a comercialização da carne não-inspecionada.

Segundo o sócio-diretor do Frigoalas, Manoel Mairton de Souza, para garantir a qualidade da carne, será utilizado o sistema de nórea automática, onde a carne é pendurada nos trilhos aéreos e manipulada por funcionários devidamente treinados, para diminuir o risco de contaminação. “Recebemos o apoio da Seagri e da Agência Estadual de Defesa Agropecuária com o acompanhamento dos veterinários, desde a chegada dos animais nos currais até a liberação para o abate”, afirma. A unidade de Alagoinhas é a terceira do grupo e possui área de 150 hectares com currais, sala de abate, câmaras frigoríficas e lagoa de decantação, além de 15 caminhões-frigoríficos.

Fonte: Agrolink (21-03-2009)
http://www.nogueirafilho.com.br/arquivos_noticias/frigorificoalagoinhas.htm