Defensivos

Nova formulação do dicamba é alternativa na Argentina

13/06/2017

A Basf anunciou o lançamento na Argentina do herbicida hormonal Atectra BV (dicamba diglycolamine) para o controle de plantas daninhas de folha larga. De acordo com a fabricante, a formulação do produto apresenta uma volatilidade seis vezes menor que a tradicional presente no mercado, reduzindo o risco de deriva.

O herbicida é recomendado para o controle de de mais de 42 tipos de invasoras, incluindo o caruru (Amaranthus Hybridus y Palmieri) e a buva (Conyza spp) – espécies que estão entre as que mais apresentam resistência às alternativas atuais. Segundo a Basf, o modo de ação do Atectra BV tem “baixa probabilidade” de gerar resistência.

“Basf é líder na produção de dicamba no mundo. Com esse lançamento, acrescentamos um novo modo de ação ao nosso portfólio para o controle de plantas daninhas resistentes”, afirma o engenheiro agrônomo Juan Pérez Brea, gerente de Cereais de Inverno, amendoim e Legumes da multinacional.

“Sua nova molécula reduz seis vezes mais a volatilidade em relação ao padrão de mercado. Isso nos permite aumentar a quantidade de ingrediente ativo sobre as invasoras e conseguir, assim, uma maior eficiência na aplicação”, completa Brea.

Atectra BV pode ser aplicado em milho, trigo, sorgo e cana-de-açúcar, entre otros. De acordo com a fabricante, é o único dicamba que pode ser combinado com diversos produtos usados no vazio sanitário da soja, ampliando o controle residual e o espectro de daninhas controladas.

Fonte: Agrolink