Frango brasileiro tem o menor preço externo dos últimos três anos

04/03/15
Comparativamente a janeiro de 2011 – ano em que a carne de frango exportada pelo Brasil obteve preço médio até hoje não superado – os cortes de frango iniciaram 2015 com valor quase 9% inferior, enquanto para o frango inteiro a queda foi mais drástica, de 16%.A redução é ainda mais sensível se comparada com o momento em que tanto os cortes como o frango inteiro superaram os US$2.000 por tonelada (primeiro semestre de 2013). Porque, neste caso, o preço mais recente dos cortes (base: abril/2013) é 20% inferior, enquanto a redução que afeta o frango inteiro chega aos 30%.A realidade é que, cotados em janeiro passado por cerca de US$1.800/t e menos de US$1.500/t, os cortes e o frango inteiro, respectivamente, retrocedem a preços de meados de 2010.

Naturalmente, esses resultados apenas refletem o comportamento do mercado internacional, ou seja, não afetam integralmente os exportadores brasileiros, que compensam tais reduções através do câmbio. Assim, por exemplo, em janeiro de 2015 o dólar apresentou valorização de mais de 40% sobre julho de 2010.