Pecuária

Nos EUA, Influenza já afetou mais de 20 milhões de aves

Publicado em 06/05/2015

Em relatório que, ultimamente, vem sendo atualizado dia a dia, ontem (5), o APHIS – sigla, em inglês, do Serviço de Inspeção Sanitária Animal e Vegetal do USDA – Departamento de Agricultura dos EUA – destacava, em tipos quase garrafais, que o surto de Influenza Aviária que ora grassa em boa parte daquele país já atingiu 21.644.473 aves.

O número, esclareça-se, é preliminar, pois há vários casos em que, a despeito da confirmada presença do vírus, o número de aves afetadas permanece pendente. Portanto, o plantel afetado é bem maior.

De qualquer forma o número surpreende, pois, menos de cinco meses depois do registro do primeiro caso, a presença do vírus já foi confirmada em 13 estados norte-americanos e, até ontem, o número de focos registrados eram 114.

Três diferentes correntes de aves migratórias atuaram nesses 114 casos: a do Pacífico, responsável por 10 casos, a corrente migratória Central, com 8 casos; e a corrente do Mississipi, com 96 casos.

Mas como os serviços sanitários dos EUA sempre mantiveram um ativo sistema de vigilância e prevenção para a doença, supõe-se que a ocorrência tenha afetado, muito mais, a avicultura informal, certo? Errado. Pois os casos registrados nas criações chamadas de fundo de quintal não passaram de 12. Ou seja: quase 90% dos casos (102, no total) ocorreram em criações comerciais.

Leia o conteúdo na integra no site AviSite.

Fonte: AviSite