Trigo

No Sul do país, chuvas travam manejo do trigo e previsão de El Niño agrava pessimismo

Publicado em 15/07/2015

As chuvas intensas que atingiram lavouras do Sul do país nos últimos dias preocupam produtores de trigo, que não estão conseguindo realizar os tratos culturais necessários para alcançar uma colheita prevista para ser recorde. Do início de julho até esta quarta-feira (15), já choveu três vezes o volume esperado para o mês inteiro no noroeste do Paraná, segundo a média histórica. No noroeste do Rio Grande do Sul, o acumulado de julho está 20% acima da média para o mês inteiro.

Os dois estados são os principais produtores de trigo do país, que depende da produção doméstica para abastecer cerca de metade de seu consumo anual.

“Não tem havido nem dois ou três dias de sol, que já chove de novo. O aspecto das lavouras ainda é bom. O problema é que o tempo vai passando e algumas práticas culturais que precisam ser feitas, não avançam”, relatou o engenheiro agrônomo Jairton Dezordi, da Cooperativa Tritícola Santa Rosa, no Rio Grande do Sul.

Leia a notícia na íntegra no site da Gazeta do Povo

Fonte: Gazeta do Povo