Notícias

NO RÁDIO: Lideranças cooperativismo do PR e SC destacam desempenho da Coamo e do cooperativismo

20/02/2015

Os resultados gerados pela Coamo a seus cooperados durante o exercício de 2014 foram motivos da entrevista de hoje (20) no programa Informativo Coamo com os presidentes das Organizações das Cooperativas dos estados do Paraná (João Paulo Koslovski) e do Mato Grosso do Sul (Celso Ramos Régis). O programa que está no ar há mais de 30 ano trouxe a participação dos líderes cooperativistas em uma rede de 28 emissoras de rádio espalhadas pelo estados do Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul., e pode ser acessado pelo site www.coamo.com.br

Eles participaram da Assembleia Geral da Coamo realizada dia 10 de fevereiro, em Campo Mourão, om cujos resultados somaram receitas globais de R$ 8,6 bilhões e distribuição de sobras de R$ 258 milhões aos cooperados. Os dirigentes analisaram o trabalho de resultados positivos realizado pela Coamo e o cooperativismo.

Um Brasil que dá certo

Para o presidente da Organização das Cooperativas do Estado do Paraná- Sistema Ocepar/Sescoop – João Paulo Koslovski , o cooperativismo é um sistema que gera, agrega e desenvolve milhares de pessoas em diversas áreas. “O trabalho e os resultados conquistados pela Coamo são motivos de orgulho, em face do profissionalismo, gestão, tecnologia e investimento na educação e capacitação de cooperados e colaboradores. Estamos orgulhosos em testemunhar o bom exemplo da Coamo, que é um Brasil que deu certo”, afirma Koslovski.

Trabalho fantástico – Para Koslovski, a Coamo e todas as cooperativas paranaenses são motivo de orgulho para o país. “Nossas cooperativas têm realizado um trabalho fantástico especialmente em relação a treinamentos, capacitação de pessoas. Nesse ano foram mais de 160 mil pessoas capacitadas, mais de 2,4 bilhões de dólares de exportações, mais de 2,8 bilhões de reais investidos, propiciando melhores condições para os três milhões de brasileiros que fazem parte do cooperativismo. Esse é nosso objetivo, fazer com que as pessoas melhorem de vida, sejam felizes e possam ter uma convivência melhor junto a família e a comunidade, e o cooperativismo está propiciando isso a milhares e milhares de pessoas. E no caso a Coamo propicia isso a um universo de mais de cem mil pessoas”, destaca.

Força no MS 

Quem também esteve presente na AGO da Coamo foi o presidente da Organização das Cooperativas do Brasil/ MS, Celso Ramos Régis. Ele ressalta a forma de trabalho da Coamo e o quanto agrega para o seu Estado. “É importantíssimo o processo que a Coamo adota há 44 anos desde sua fundação e há dez no MS. A forma de distribuir os resultados auferidos no exercício, ou seja, provendo cada vez mais o desenvolvimento local e a distribuição de renda. Essa forma de trabalho é fundamental para as pessoas se fixarem no campo e todo produtor, sendo ele pequeno, médio ou grande obter mais vantagem com seu negócio. Por este motivo a Coamo consegue promover o desenvolvimento local”, pondera.

Agregação – O presidente ainda salienta a força cooperativista que a Coamo trouxe para o Estado. “Nos municípios do Mato Grosso do Sul, a Coamo tem aglutinado as pessoas em seu entorno, pois o crescimento e os resultados são visíveis.  Um exemplo está aí com a distribuição das sobras, e nós temos a satisfação de ter grandes produtores que realmente enxergaram na Coamo uma forma de lucrar, e o que não é errado, e se for por meio de uma solução cooperativa, com certeza, é muito mais saudável, pois promove acima de tudo a distribuição da renda, a solidariedade, ajuda mutua e promove a felicidade das pessoas”, comemora Celso Ramos.

Fonte: Coamo