Gerenciamento de Produção

Nicarágua ganha aporte financeiro para projeto Rota do Café

A Rota do Café, um percurso turístico por áreas agrícolas históricas da Nicarágua, que abrange os departamentos (Estados) de Estelí, Jinotega, Madriz, Matagalpa e Nueva Segovia, terá uma segunda fase, de acordo com matéria divulgada pelo jornal local La Prensa

Jornal Comarca de Garça

A vice-diretora do Intur (Instituto Nicaraguense de Turismo), Mayra Salinas, explicou que, graças ao êxito da primeira etapa, o Grão Ducado de Luxemburgo decidiu doar 6 milhões de euros para a continuidade do projeto turístico. O novo período contará com a administração dos recursos sendo feita pelo próprio Intur, além de escritórios de turismo, cooperativas beneficiadas e prefeituras dessa região do país centro-americano.

Segundo Salinas, a etapa busca o fortalecimento institucional, encadeamentos empresariais, melhor planificação territorial, infraestrutura turística pública e sinalização da rota, incluindo locais caracterizados por ser de reservas naturais. Além disso, pretende se dar maior formação de recursos humanos locais, assistência técnica e financiamento para o desenvolvimento das micro, pequenas e médias empresas turísticas existentes nos locais da rota.

Durante a primeira etapa, assinalou a vice-diretora, foi possível envolver quase 29 mil visitantes e ocorreu a geração de cerca de 4 mil empregos, a implantação de 26 planos de desenvolvimento turísticos em municípios e 31 projetos turísticos integrais.

 

Fonte: http://www.portaldoagronegocio.com.br/conteudo.php?tit=nicaragua_ganha_aporte_financeiro_para_projeto_rota_do_cafe&id=67348