Nanotecnologia protege máquinas, silos e galpões contra sujeiras e corrosão

25/06/13
O Brasil já está comercializando duas versões do EcoGlas, tecnologia alemã conhecida em outros países como Vidro Líquido, um revestimento capaz de impermeabilizar superfícies de qualquer tipo de material. Indicado para facilitar a limpeza na agropecuária e evitar problemas com corrosão.

Em sua primeira versão, o produto possui dióxido de sílica (SiO2) na fórmula e também uma substância secreta na composição que dificulta a aproximação de bactérias e não permite o acúmulo de sujidades. É 500 vezes mais fino do que um fio de cabelo e se eu processo de impermeabilização acontece quando uma camada de 100 nanômetros reveste os materiais, criando uma trama que impede a passagem de moléculas grandes.

Testes mostram que é possível diminuir a atuação de bactérias em até 50% de uma só vez no lugar aplicado. Além disso, mantém o ambiente limpo por mais tempo. A aplicação do Ecoglas é fácil e pode ser realizada por meio de spray ou pano úmido. “A camada protegida com o produto é flexível, respirável, antiaderente e, portanto, fácil de limpar”, explica Paulo Loria, diretor da DPM Tecnologia, empresa que está comercializando o produto no Brasil.

É indicado para diversos segmentos, inclusive para a agropecuária, onde há a necessidade de ter atenção com a limpeza e a higiene. “O produto pode ser aplicado no piso, parede e teto de galpões; utensílios e até em fachada”, acrescenta.

Já em sua segunda versão, além do dióxido de sílica (SiO2), possui uma solução de polissilazano em solvente na fórmula. O processo de impermeabilização é igual, e a mistura cria um revestimento anticorrosão, anti-abrasão e antipichação. Na Rússia, tem sido usado nas indústrias de alumínio. “No Brasil, é uma solução interessante para agropecuária, na proteção de silos, máquinas e equipamentos de armazenagem, evitando principalmente a corrosão”, ressalta Loria.

Também pode ser aplicado em outras superfícies que não respiram, como plástico, granito, com finalidade de proteger contra umidade, sujeiras e diversas substâncias líquidas.

A primeira versão tem durabilidade de até 5 anos, a segunda, 20 anos.

Fonte: Agrolink