Gerenciamento de Produção

Na região de São Sebastião do Paraíso- MG colheita de café chega a 30% e produtores relatam queda na produção com menor rendimento e grãos miúdos

Publicado em 07/07/2015

 

Na região de São Sebastião do Paraíso, MG, a colheita do café segue em torno de 30%. Porem, produtores relatam queda na produção por conta dos grãos miúdos desta safra. Para, Marcelo de Moura, engenheiro agrônomo da Cooparaíso, a colheita segue bem, mas devido à estiagem do início do ano, nos meses de janeiro e fevereiro o grão não cresceu como deveria.
“Pelo inicio, acredito que teremos uma safra de café miúdo. Pode ser que daqui para frente isso diminua um pouco, mas não é só o café miúdo, a gente tem também a porcentagem do café verde que influencia a litragem. Hoje estamos na faixa de 15% a 20% de café verde. Pode ser que daqui dez dias, quando ele estiver mais maduro, a litragem diminua, mas o café deve ser miúdo e consequentemente veremos uma queda, mas só posso contabilizar depois da colheita”, explica.
Diante desse cenário, os produtores estão gastando cerca de 550 a 600 litros para fazer a saca beneficiada. 100 litros a mais que em outras safras. “À medida que limpamos o café, percebemos o tamanho do grão e isso exige mais litragem para alcançar uma saca de 60,5 kg”, conta o agrônomo.
Entretanto, para Moura, a qualidade do café não será influenciada devido aos grãos miúdos. “O que nos preocupa é o tempo fechado. Estamos há dez dias com tempo nublado e o receio é de tirar este café dos terreiros para levar para o secador. Temos café com umidade alta e ainda não conseguimos leva-lo para o secador baú, que necessita de um café menos úmido. Se chover nos próximos dias, teremos um agravante para a qualidade do grão”, relata.
Com isso, a colheita para os pequenos produtores deve encerrar em trono de vinte dias. Já para os produtores de maior porte, seguirá até meados de setembro. Moura explica que o produtor deve ficar atento. “Temos um sistema que nos comunicamos com eles através do celular, de duas a três vezes por dia com a previsão do tempo. Para os grãos de café que tomarem alguma chuva, também temos um produto que ameniza isso, mas o produtor deve fazer corretamente o manuseio na colheita”, finaliza.

Por: Aleksander Horta//Nandra Bites
Fonte: http://www.noticiasagricolas.com.br/