Milho

Na CBOT, milho dá continuidade ao movimento negativo nesta 3ª feira e recua pelo 4º dia seguido

Publicado em 20/12/2016

 

Na Bolsa de Chicago (CBOT), os preços futuros do milho iniciaram a terça-feira (20) do lado negativo da tabela. As principais posições da commodity recuam pelo 4º dia seguido e exibiam perdas entre 1,00 e 1,25 pontos, por volta das 8h08 (horário de Brasília). O vencimento março/17 era cotado a US$ 3,52 por bushel, enquanto o maio/17 era negociado a US$ 3,59 por bushel. O julho/17 trabalhava a US$ 3,66 por bushel.

O mercado dá continuidade ao movimento negativo registrado no dia anterior. Ainda nesta segunda-feira, os vencimentos do cereal recuaram com vendas técnicas e a perspectiva de melhora no clima na Argentina. Algumas áreas de cultivo do país estavam sofrendo com a ausência de chuvas.

Outro fator que também está no radar dos investidores é a produção de etanol. “As margens de etanol continuarão a ser favoráveis para o ano novo com os preços mais elevados de energia. Isso deve apoiar o mercado de milho”, disse Benson Quinn Commodities, em entrevista ao Agrimoney.com. Nos EUA, boa parte da safra de milho é destinada à produção de etanol.

Por: Fernanda Custódio

Fonte: Notícias Agrícolas