Soja

MT: Governo começa a debater o plano estadual da agricultura familiar

28/02/2017

Os debates com a sociedade civil, organizações não-governamentais e poder público, para elaborar o plano estadual da agricultura familiar tiveram início na quinta-feira (22) em Várzea Grande. A Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários é a entidade responsável pelo plano com a parceria do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS), Empresa de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM) e Instituto Centro de Vida (ICV).

“É uma proposição inédita do Governo em dialogar com os agricultores familiares, Ongs e pesquisadores para elaborar um plano estadual, que servirá para nortear o governo estadual na aplicação de recursos públicos de forma orientada. Esse trabalho técnico é uma marca, um ponta-pé e fotografia da situação real da agricultura familiar de Mato Grosso”, comentou o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Suelme Fernandes.

Os temas discutidos por meio de grupos de trabalho durante o evento, foram: Regularização Fundiária e Ambiental, Produção Sustentável, Agregação de Valor e Comercialização, Assistência Técnica e Extensão Rural e Governança, Gestão e Territorialidade.

Segundo o deputado estadual Valdir Barranco, é preciso definir metas de atuação e investimento público permanentes e criar políticas que propiciem às famílias do campo de tirarem da terra renda de verdade. “Poder discutir nossas necessidades é algo importante, é a primeira vez que quilombolas participam da discussão de um plano estadual a nível de Estado para apoiar o pequeno produtor”, comentou a quilombola e agricultura familiar, Laura Ferreira.

Os encontros serão realizados em sete municípios definidos estrategicamente para contemplar todas as regiões do Estado. O público-alvo é formado por pequenos produtores e instituições públicas e da sociedade civil organizada, ligadas a agricultura familiar mato-grossense. Em Rondonópolis, os debates estão marcados para o dia 23 de março, a partir das 8h, na sede sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Fonte: A Tribuna – MT