Cana de Açúcar

MS já moeu 33 milhões de toneladas de cana na safra 2013/2014

29/10/2013

As usinas sucroenergéticas de Mato Grosso do Sul moeram até a primeira quinzena de outubro 33 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. O número foi divulgado pela Associação dos Produtores de Bioenergia do Estado (Biosul).

De acordo com a entidade, somente entre 1º e 15 de outubro, o processamento foi de 1,76 milhão de toneladas de matéria-prima pelas indústrias. O volume é 23,6% menor do que o comprado com o mesmo período do ciclo passado, quando haviam sido processadas 2,30 milhões de toneladas.

De acordo com dados da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul), o indicador do ATR (Açúcares Totais Recuperáveis) por tonelada de cana teve uma queda de 17,83% nesta quinzena, atingindo 125,08 kg, dados que representam uma baixa na qualidade da produção de cana.

Em razão do excesso de chuva entre março e junho e das geadas de agosto e setembro, a Biosul reviu em 30 de setembro sua projeção de safra. A previsão inicial, feita na abertura da ciclo, em abril, era de que o Estado colhesse 44,1 milhões de toneladas de cana, mas, com as perdas provocadas pelos fatores climáticos, esse volume foi reduzido para 40,3 milhões de toneladas

Segundo o presidente da Biosul, Roberto Hollanda Filho, os efeitos do clima na cana-de-açúcar terão reflexo na entressafra. “O impacto da geada se desdobrará por mais duas ou três safras”, prevê o presidente.

 

Fonte: Agrodebate