Manejo

Mogi Mirim recebe curso de cancro cítrico realizado pelo Fundecitrus

06/05/2014

O Fundo de Defesa da Citricultura – Fundecitrus realiza um curso sobre controle de cancro cítrico, em Mogi Mirim, em 15 de maio (quinta-feira), das 8h30 às 16h30, no Hotel Sol do Mogi.

O objetivo é capacitar citricultores, engenheiros agrônomos e administradores de propriedades produtoras de citros para a tomada de decisões sobre o combate à doença. O curso tem o apoio da Bayer Cropscience.

No curso serão abordadas a importância da doença, a situação atual da incidência no estado de São Paulo e no Brasil, a distribuição geográfica, o ciclo de contaminação, a influência do minador no citros na gravidade da infestação, sintomas, diagnose e as medidas de controle em áreas endêmicas e sob erradicação. Também haverá estudos de caso, práticas de identificação de sintomas e de testes do kit que permite o diagnóstico rápido no campo.

O Fundecitrus criou o treinamento em 2013 para apoiar o produtor na prevenção do cancro cítrico. No ano passado, foram realizados seis cursos na sede do Fundecitrus, em Araraquara. Este ano, já foram realizados cursos em Bebedouro, Itajobi, Votuporanga, Mococa e Ibitinga. Também serão realizados cursos em Avaré (22/05), Araraquara (19/08) e Lins (28/08).

O curso é gratuito. As vagas são limitadas. As inscrições podem ser feitas pelo site do Fundecitrus no endereçowww.fundecitrus.com.br/cursos/inscricao ou pelo telefone 0800 112155.

O cancro cítrico tem atingido um número crescente de pomares nos últimos anos. Em 2012, a doença estava em 1,39% de talhões do estado de São Paulo, segundo levantamento amostral do Fundecitrus. Os relatórios de inspeções recebidos pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), da Secretaria Estadual de Agricultura, apontam que 70,7 mil plantas foram erradicadas no segundo semestre de 2013, devido à doença.

Fonte: Agrolink