Suinos

Missão chinesa inicia visitas a plantas frigoríficas brasileiras

24/06/2015

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) informa que começaram hoje as visitas de missão técnica chinesa a plantas frigoríficas do Brasil, com o objetivo avaliar a habilitação de novas unidades produtoras e exportadoras para o fornecimento de cárneos ao mercado asiático.

Ao todo, pelo cronograma (no caso da avicultura e da suinocultura), serão quatro plantas de aves e três de suínos, que servirão como referência (amostragem) para a habilitação de um total de 15 plantas avícolas e suinícolas.

Se efetivadas as habilitações, as unidades se somarão a outras 29 plantas de aves e seis de suínos que hoje exportam para a China.  Há, ainda, outras sete plantas de aves e uma de suínos já vistoriadas, aguardando apenas a oficialização da habilitação por parte do governo chinês – o que deverá acontecer durante a próxima reunião do COSBAN (Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível), conforme informações recebidas pelo presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra,

“Em um momento econômico bastante complexo para o país, os exportadores de cárneos têm avançado no mercado internacional graças a mercados como a China.  Com a efetivação destas habilitações, possivelmente os chineses se consolidem no segundo lugar do ranking dos importadores de carne de frango do Brasil”, destaca Turra.

Fonte: Agrolink