Milho

Milho: Preços podem ter pressão após recorde de alta na CBOT

O avanço dos preços em um recorde de US$ 7,8375 por bushel na segunda-feira

Fonte: Notícias agrícolas

Após atingir recordes de alta, os contratos futuros do milho negociados na Bolsa de Chicago podem iniciar a semana pressionados. O avanço dos preços em um recorde de US$ 7,8375 por bushel na segunda-feira (11) pode ter reduzido a demanda interna para os vencimentos mais próximos. Ao longo da semana, o mercado ficou pressionado devido à preocupação com a demanda e por realização de lucros.

Já a soja, que na última sexta-feira teve um dia marcado pela volatilidade, volta se atentar para a demanda chinesa, depois que o pais voltou timidamente às compras. O USDA, Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, informou a venda de 165 mil toneladas de soja para o país asiático, com entrega durante o ano comercial 2011/12, que tem início em 1o de setembro.

As cotações do trigo devem ganhar sustentação já que ainda há preocupações em relação ao tempo seco nas Planícies, embora haja previsões de chuvas em algumas áreas. Na sessão de sexta-feira, os preços encerraram valorizados, com a percepção de que aumentará o consumo de trigo para ração, diante do fato de que pela primeira vez em 15 anos os futuros do milho oscilaram acima dos de trigo.

Fonte: http://www.agrocim.com.br/noticia/Milho-Precos-podem-ter-pressao-apos-recorde-de-alta-na-CBOT.html